GOVERNO FEDERAL RETOMA TRÊS OBRAS PARALISADAS NO ESTADO DO CEARÁ

De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), foco é concluir obras paralisadas antes de abrir novas frentes

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) irá retomar três obras rodoviárias que estão inacabadas, no estado do Ceará. Para isso, foi assinado na sexta-feira (26), três ordens de serviço para concluí-las.

De acordo com o Dnit, uma delas, interrompida desde 2011, é a Travessia Urbana de Tianguá, localizada na BR-222. As outras duas autorizações referem-se às obras dos novos traçados da rodovia (variantes), em Umirim e no distrito de Frios – paralisadas desde 2016 -, além da conclusão do viaduto que dá acesso à cidade de Horizonte, na BR-116, interrompida em 2018.

Travessia Urbana de Tianguá

Ainda de acordo com o Dnit, a retomada dessa obra contemplará a execução dos serviços remanescentes de adequação de capacidade e eliminação de pontos críticos, englobando a duplicação da BR-222 na região, do segmento compreendido entre os Kms 309 e 315, em um total de pouco mais de seis quilômetros de extensão.

Segundo a Autarquia, os investimentos para concluir a travessia serão de R$ 66.123.320,74, que vão garantir maior segurança viária aos usuários, assim como impulsionar a capacidade de tráfego na rodovia, importante rota para o transporte de cargas.

Rodovia BR-222 (variantes)

Essa obra consiste na execução do novo traçado em trecho compreendido entre os Kms 64,3 e 122,8, englobando a implantação das variantes de Umirim e Frios. O objetivo é redirecionar o tráfego de passagem no local, que atualmente conflita com o conglomerado urbano na região, além de eliminar trechos sinuosos, com curvas bastante acentuadas. O empreendimento, que estava parado há cinco anos, receberá investimentos de R$ 16,7 milhões para a garantia fluidez no tráfego e segurança na ligação Fortaleza-Sobral. O contrato tem prazo de 210 dias a partir da assinatura.

Horizonte

Orçada em R$ 5,2 milhões, a retomada do viaduto que dá acesso ao município de Horizonte, eliminará os pontos críticos na região metropolitana de Fortaleza, permitindo o acesso à cidade e o retorno da rodovia federal.

De acordo com o Dnit, a via será utilizada somente pelos veículos provenientes da BR-116, ao norte, que se destinam à área urbana do município e pelos veículos que saem de Horizonte e passam pela BR-116, com destino ao sul.

Ainda de acordo com o Dnit, com o viaduto que será finalizado depois de três anos paralisado, a cidade e os motoristas ganharão mais segurança e melhores condições de trafegabilidade.

Visita técnica

A duplicação em pavimento de concreto do trecho da BR-222, que liga o município de Caucaia ao Porto de Pecém, também fará parte da visita técnica da comitiva presidencial. Tendo como meta a execução de duplicação, restauração com melhoramentos e Obras de Arte Especiais (OAE) em 24 quilômetros da rodovia, do Km 11 ao Km 35, a obra é muito aguardada pelos cearenses e, principalmente, pelos caminhoneiros, pois vai melhorar a conexão entre os  do Mucuripe e do Pecém, reduzindo acidentes e o tempo de viagem, além de eliminar pontos críticos e elevar o nível de segurança operacional e de desempenho da via.

O escoamento de cargas também será facilitado, impulsionando o desenvolvimento industrial do estado. Com investimento total de R$ 182,3 milhões, a obra contará com a implantação de novas pontes, substituição de pontes existentes, viaduto sobre a linha férrea e passarelas de pedestres, garantindo maior conforto e segurança aos usuários.

 

Fonte: NTC&Logística