Parceria com iniciativa privada aprimora combate à corrupção, diz subsecretária do MInfra

O Radar Anticorrupção tem como objetivos aprimorar a gestão pública, melhorar o controle interno, zerar casos de corrupção envolvendo contratos do MInfra e dificultar os desvios de conduta e de recursos públicos.

Aparceria entre o setor privado e a administração pública no combate à corrupção traz resultados positivos ao país, afirmou nesta terça-feira (3) a subsecretária de Governança e Integridade do Ministério da Infraestrutura (MInfra), Fernanda Costa de Oliveira. Ela apresentou o selo Infra + Integridade, iniciativa parte do Radar Anticorrupção que busca reconhecer empresas com boas práticas de governança, em webinário promovido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

“É um processo que a administração pública e a iniciativa privada andam juntos. A intenção é muito nobre, é interessante que a gente caminhe juntos, é interessante que a gente se veja como parceiro. A gente está acostumado a ver empresas privadas muitas vezes como investigadas, então por que não entender essa oportunidade de interface de interlocução para que a gente possa amadurecer institucionalmente juntos e ter um país melhor?”, afirmou.

De acordo com a subsecretária, que é delegada de Polícia Federal de origem, no primeiro ano de selo 19 empresas se inscreveram para apresentar suas boas práticas. As inscrições para a premiação deste ano encerraram em 31 de maio. “A gente precisa de fato convencer o nosso público externo de que o selo é uma proposta eficiente, é efetivo, e que tem uma análise criteriosa”, disse.

O Radar Anticorrupção tem como objetivos aprimorar a gestão pública, melhorar o controle interno, zerar casos de corrupção envolvendo contratos do MInfra e dificultar os desvios de conduta e de recursos públicos. “A gente lança o selo para que ele exista, para que ele faça parte da espinha dorsal da estrutura do órgão, então espero que nos próximos anos haja mais inscritos”, acrescentou.

Fonte: Assessoria Especial de Comunicação Ministério da Infraestrutura