Ações do Governo Federal reduzem custos e garantem qualidade de vida dos caminhoneiros

Avaliação foi feita pelo ministro Tarcísio Gomes de Freitas, durante entrega de instalações para motoristas autônomos e cooperativados na sexta-feira do dia (25/03)

Nos últimos três anos, o Governo Federal adotou série de iniciativas para reduzir a burocracia e contribuir para aumentar a qualidade de vida no exercício da profissão de caminhoneiro no Brasil. A avaliação foi feita pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, na sexta-feira (25), durante entrega de instalações para o apoio de motoristas autônomos e cooperativas do setor, em Salto (SP).

A agenda é parte do programa Roda Bem Caminhoneiro, iniciativa do Ministério da Cidadania que conta com o apoio do MInfra. O ministro listou ações como prazo maior para renovação da carteira de habilitação; criação do Documento de Transporte Eletrônico (DTE), que unifica e reduz os documentos exigidos em operações de transporte de carga; novas regras de pesagem e tolerância de peso por eixo, e a criação de mais pontos de parada e descanso nas rodovias do país. “É um projeto que vai permitir a sobrevivência, a competição e a forma de estar inserido no mercado”, disse Tarcísio.

Fonte: Ministério da Infraestrutura – MINHFRA

Este conteúdo é útil para você?