TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE EXAME TOXICOLÓGICO PARA MOTORISTAS DA CATEGORIA, C,D E E

Infelizmente, cerca de 100 mil motoristas não cumpriram essa obrigação legal no mês de junho. Portanto, desde 1º de julho tem uma multa de quase R$ 1.500,00 esperando no balcão do órgão de trânsito.

A Lei 14.071/20 estabeleceu penalidades para os motoristas das categorias C, D e E que não cumprirem o exame toxicológico de larga janela.

Para dar tempo aos condutores de fazer o exame, cumprir o exame e evitar multas, suspensão da CNH e pontos na habilitação, o governo federal, por meio do Denatran, criou um calendário com datas limite para realizar o exame, conforme o vencimento da CNH.

Infelizmente, cerca de 100 mil motoristas não cumpriram essa obrigação legal no mês de junho. Portanto, desde 1º de julho tem uma multa de quase R$ 1.500,00 esperando no balcão do órgão de trânsito. Além de 90 dias de suspensão da CNH e 7 pontos na mesma.

Em julho, cerca de 850 mil motoristas devem realizar o exame periódico. Correndo o risco de serem punidos a partir de 1º de agosto caso não cumpram a exigência legal. Sem contar o fato de duplicarem a multa em caso de fiscalização na pista.

Clique aqui para acessar as informações FAQ-Exame-Toxicológico

Redução de acidentes

Com a aplicação do exame toxicológico de larga janela foi registrada redução substancial de acidentes com veículos pesados.

Levantamento do SOS , comparando os anos de 2015, último ano sem essa exigência, com 2017, o primeiro em que foi exigido nacionalmente, registrou queda de 34% de acidentes (sinistros) com caminhões e 45% com ônibus nas rodovias brasileiras.

O Ministério Público do , comparando o índice de uso de drogas em 2015 com 2019, registrou queda de 60% na presença de drogas dos condutores C, D e E testados.

Fonte: Estradas